×

CidadesPolícia

Pintor é assassinado ao reagir assalto no bairro Amazonino Mendes, em Manaus

Edilson foi socorrido, mas morreu ao chegar no HPS Dr. Platão Araújo - foto: Arquivo/Diário Manauara

Edilson foi socorrido, mas morreu ao chegar no HPS Dr. Platão Araújo – foto: Arquivo/Diário Manauara

O pintor Edilson Carneiro de Lima, 59, morreu na tarde de sexta-feira (26), após levar três tiros, durante um latrocínio (roubo seguido de morte). O crime ocorreu por volta das 16h30, na Rua 44, Conjunto Amazonino Mendes (o Mutirão), bairro Novo Aleixo, Zona Norte de Manaus.

Publicidade

De acordo com as informações da polícia, Edilson foi abordado por um adolescente, armado de um revólver, que exigiu da vítima o celular.

O pintor reagiu e o suspeito efetuou os disparos, que atingiram peito, braço e barriga da vítima. Edison foi socorrido para o Hospital e Pronto-Socorro (HPS) Dr. Platão Araújo, na Zona Leste, mas já chegou morto na unidade hospitalar.

O caso foi registrado na Delegacia Especializada em Homicídios e Sequestros (DEHS).

Comentários