×

CidadesPolícia

Pedreiro morre com quatro tiros após apartar briga entre mulheres em bar

 O pedreiro Pedro morreu com quatro tiros após intervir uma briga em bar - foto: arquivo pessoal

O pedreiro Pedro morreu com quatro tiros após intervir uma briga em bar – foto: arquivo pessoal

O pedreiro Pedro Corrêa da Costa, 31, morreu com quatro tiros na madrugada de domingo (27), após separar uma briga entre duas mulheres e um homem, nas dependências de um bar. O crime ocorreu por volta das 3h, na Rua D, com a Rua E, na Comunidade Lago Azul, bairro Santa Etelvina, Zona Norte de Manaus.

Publicidade

A irmã da vítima, Alcinéia Costa, 34, disse que Pedro saiu de casa para participar de um torneio de futebol e, ao fim da atividade esportiva foi sozinho para o bar beber, como sempre costumava fazer.

“Tudo o que nós sabemos é que Pedro estava bebendo, quando duas mulheres e um homem iniciaram uma briga. O meu irmão se levantou da mesa em que estava e interviu a briga. Minutos depois, dois homens em uma motocicleta, chegaram ao local e efetuaram os disparos na direção do meu irmão e, depois fugiram”, disse a irmã da vítima.

Pedro foi alvejado com dois tiros na cabeça e dois nas costas. A vítima era pai de três filhos, de oito, cinco e dois anos de idade. Os autores do crime foram identificados. O corpo de Pedro foi removido para o Instituto Médico Legal (IML).

Ainda segundo a família da vítima, uma das mulheres envolvidas na briga é moradora da comunidade, mas o nome não foi revelado.

A Delegacia Especializada em Homicídios e Sequestros (DEHS) investiga se os homens que efetuaram os disparos contra o pedreiro estavam com as mulheres durante a briga.

Comentários