×

CidadesPolícia

Mecânico suspeito de ‘aplicar golpes’ é executado com dois tiros em feira de Manaus

O mecânico Marcondes tomava café da manhã na Feira do Corado, quando foi surpreendido por um homem e morto por dois tiros na cabeça - foto: Arte/Diário Manauara

O mecânico Marcondes tomava café da manhã na Feira do Corado, quando foi surpreendido por um homem e morto por dois tiros na cabeça – foto: Arte/Diário Manauara

O mecânico Marcondes Pinheiro de Souza, 41, foi executado com dois tiros na cabeça na manhã desta quarta-feira (30), por volta das 8h20, na Feira do Coroado, situado na Avenida Cosme Ferreira, bairro Coroado, Zona Leste de Manaus. A vítima tomava café da manhã quando foi morta.

Publicidade

Segundo testemunhas, Marcondes estava em uma banca de café da manhã, quando um homem chegou ao local em um carro, de características não reconhecidas. O suspeito se aproximou da vítima e atirou, duas vezes, à queima-roupa contra a cabeça do mecânico, que não resistiu aos ferimentos e morreu no recinto.

Após o crime, o assassino fugiu sem ser identificado. Informações dão conta que o mecânico aplicava golpes com vendas de carros. Familiares estiveram no local do crime e reconheceram a vítima.

A sogra da vítima, a dona de casa, Maria de Fátima, 62, disse desconhecer a motivação para o crime. Segundo ela, Marcondes frequentava a feira diariamente para tomar café da manhã.

“Não sabemos se Marcondes estava recebendo ameaças de morte, pois ele não comentou nada. Também, não temos informações se ele teve algum desentendimento recente”, afirmou a sogra da vítima.

A ocorrência mobilizou as equipes da Delegacia Especializada em Homicídios e Sequestros (DEHS), 11° Distrito Integrado de Polícia (DIP) e 11ª Companhia Interativa Comunitária (Cicom).

O corpo do mecânico foi recolhido para o Instituto Médico Legal (IML). A Polícia Civil não confirmou se a vítima aplicava golpes com a venda de carros, mas não descarta a relação com o crime.

O caso será investigado pela Delegacia Especializada em Homicídios e Sequestros (DEHS). Familiares devem ser ouvidos para ajudar na elucidação do caso.

Comentários