×

Cidades

Lei Seca flagra 55 motoristas alcoolizados no fim de semana em Manaus

Durante as operações mais de 1.100 veículos foram abordados

Lei Seca flagra 55 motoristas alcoolizados no fim de semana em Manaus – Foto: Divulgação/Detran-AM

Manaus – O Núcleo Especializado em Operações de Trânsito (Neot) do Departamento Estadual de Trânsito do Amazonas (Detran-AM) flagrou 55 motoristas dirigindo sob o efeito de álcool nas operações realizadas durante o final de semana. As ações aconteceram entre a noite da última sexta-feira (26) e o domingo (28).

Durante as operações, mais de 1.100 veículos foram abordados. Isso resultou em 96 veículos removidos e 430 autuações por diversas infrações de trânsito. “As fiscalizações serão frequentes para fazermos cumprir as leis de trânsito, principalmente a tolerância zero em relação a direção sob o efeito de álcool”, enfatizou Victor Mansur, coordenador-geral do Neot.

Os locais e horários das operações do Detran são sigilosos. Elas seguem escalas e locais pré-definidos com base em denúncias feitas ao disk-denúncia do Neot (98404-4389) e também por meio de levantamento de inteligência.

Equipe que atuou durante as operações – Foto: Divulgação/Detran-AM

Neste final de semana, as blitze aconteceram nas zonas sul, centro-sul e oeste, nas avenidas Benjamin Constant, Tefé, Coronel Teixeira e Maneca Marques; além da rua Agente Mauro Lobo (acesso às Marinas) e Estrada do Turismo (AM-450).

“É importante frisar que nossas operações terão sua retomada gradual, mas, em breve, já com força total, considerando sobretudo a abertura gradual da economia a partir dos quatro ciclos do decreto governamental. Com isso, restaurantes e, infelizmente, alguns bares retomaram as atividades de maneira irregular, porque ainda não há previsão para a retomada dos bares. E o Detran Amazonas estará nas ruas, como o fez neste final de semana, para coibir práticas transgressoras de trânsito, sobretudo a alcoolemia na direção de veículo automotor”, enfatizou o diretor-presidente do Detran-AM, Rodrigo de Sá Barbosa.

*Com informações da assessoria

Publicidade

Comentários