×

CidadesPolícia

Em Manacapuru, homem morre e três ficam feridas durante troca de tiros; uma criança foi ferida

Anderson Marina Pedrosa Feitosa de 27 anos que estava participando do enterro, foi atingido com tiros e veio a óbito

Anderson Marina Pedrosa Feitosa de 27 anos que estava participando do enterro, foi atingido com tiros e veio a óbito

Anderson Marina Pedrosa Feitosa, 27, morreu, durante uma troca de tiros, na tarde de quarta-feira (12), por volta das 17h30, na Rua Parintins, bairro São Francisco, no município de Manacapuru (a 89 quilômetros de Manaus). Outras três pessoas foram baleadas, entre elas, uma criança de dois anos. As vitimas foram socorridas e levadas para o hospital da cidade.

Publicidade

De acordo com o comandante do 9º Batalhão da Polícia Militar (BPM), major André Luiz Gioia, o crime ocorreu após o enterro de Diego Maradona Bandeira de Souza, conhecido como “Dieguinho’ e ‘Olhão’, morto a tiros, na noite de terça-feira (11), dentro do veículo que dirigia.

O carro Gol foi interceptado por dupla em moto e ocupantes foram baleados - foto: divulgação

O carro Gol foi interceptado por dupla em moto e ocupantes foram baleados – foto: divulgação

Marco Antônio da Silva Ataíde, 24, que pilotava uma motocicleta na companhia de um comparsa, emparelhou o veículo ao lado de um carro, modelo Gol, cor prata, placa não revelada, e começou atirar. Dentro do carro estava ‘Dioninha’, irmão de ‘Dieguinho’, que revidou.

Durante a troca de tiros, Jennifer Cristina Santos Bandeira, dois anos, foi baleada no abdômen e o condutor do carro – Fabrício Bandeira, 23, foi alvejado com tiros nas costas, dos quais atingiu o pulmão. Já Anderson que passava pilotando outra motocicleta no momento do tiroteio, foi atingido na cabeça e morreu no local. A terceira pessoa ferida foi o suspeito, Marco, com um tiro no braço.

As vítimas foram socorridas e levadas para o hospital do município - foto: divulgação

As vítimas foram socorridas e levadas para o hospital do município – foto: divulgação

As vítimas foram socorridas por ambulâncias Unidades de Resgate (UR) do Corpo de Bombeiros e levadas para o Hospital Pronto-Socorro (HPS) Lázaro Reis, em Manacapuru. Devido à gravidade dos ferimentos, Fabrício foi transferido para o Hospital e Pronto-Socorro (HPS) 28 de Agosto, na Zona Centro-Sul de Manaus.

Dieguinho foi assassinado a tiros na noite de terça-feira (11), bairro Liberdade, em Manacapuru - foto: divulgação

Dieguinho foi assassinado a tiros na noite de terça-feira (11), bairro Liberdade, em Manacapuru – foto: divulgação

Para a polícia, o crime foi motivado por ‘vingança’, após o assassinato de ‘Diguinho’. Um áudio chegou a ser divulgado, onde um membro de uma facção criminosa, rival, revela que a morte de ‘Dieguinho’ iria ter volta. O objetivo era matar o restante da família envolvida com o tráfico de drogas.

Os estados de saúde das vítimas não foram divulgados. O caso é investigado pela Polícia Civil do município de Manacapuru.

Mais detalhes em instantes.

 

Comentários