×

Cidades

Corrida da morte: taxista é morto com um tiro na cabeça na Zona Norte de Manaus

Sidiomar foi morto com um tiro na nuca dentro do próprio táxi - foto: arquivo pessoal

Sidiomar foi morto com um tiro na nuca dentro do próprio táxi – foto: arquivo pessoal

Mais um taxista foi assassinado para as estatísticas de crimes em Manaus. Sidiomar Pereira da Silva, 42 anos, morreu com um tiro na nuca, na noite de quarta-feira (14), durante uma corrida. O crime ocorreu por volta das 22h, na Rua Eurípedes, no bairro Monte das Oliveiras, Zona Norte.

Publicidade

De acordo com as informações repassadas para os investigadores da Polícia Civil (PC), Sidiomar foi visto horas antes do crime em um posto de combustível, na Avenida Torquato Tapajós, onde fez reabastecimento.

Sidiomar dirigia um carro modelo Fiat Grand Siena, cor branca, placas PHF-1740. Alémd dele, havia três pessoas, até o momento não identificados pela polícia. Minutos depois, ele foi encontrado deitado no banco do motorista, com encostamento para baixo e com um tiro na nuca.

Familiares suspeitam que Sidiomar tenha sido vítima de latrocínio. No entanto, a perícia criminal do Departamento de Polícia Técnico-Científica (DPTC) informou que nada foi levado e que a vítima teria reagido ao travar luta corporal com os suspeitos.

Informações preliminares colhidas pelos investigadores, dão conta que na segunda-feira (12), Sidiomar teria se desentendido com um casal ao leva-los para uma pousada. A mulher teria o ameaçado de morte, porém, a motivação da discussão não foi revelada.

O corpo da vítima foi levado para o Instituto Médico Legal (IML) e o caso foi registrado na Delegacia Especializada em Homicídios e Sequestros, que investiga a autoria e motivação do assassinato

Comentários