×

Publicidade

PolíciaVídeos

Polícia divulga vídeo de ‘picolezeiro’ suspeito de matar marítimo em hotel

Dionísio dos Santos Pires, 65, foi encontrado morto com sinais de estrangulamento e agressões físicas, na manhã do dia 22 de março deste ano

Dinísio foi achado morto em um dos quartos de um hotel, no Centro de Manaus – Foto: Mário Souza/DM

Manaus/AM – Um assassinato cercado por mistérios está intrigando a equipe da Delegacia Especializada em Homicídios e Sequestros (DEHS). Câmeras de segurança mostram um homem suspeito de matar o marítimo Dionísio dos Santos Pires, 65, conhecido como “Rui” entrando e saindo de hotel, situado na Rua dos Barés, no bairro Centro, na Zona Sul de Manaus.

O suspeito foi flagrado pelas câmeras de segurança do hotel – Foto: Divulgação/Arte/Diário Manauara

O vídeo foi divulgado ao Portal Diário Manauara pela equipe de investigação para ajudar na identificação do homem, conhecido apenas como “picolezeiro”. A vítima era natural de Belém (PA) e costumava receber as visitas do suspeito no Hotel São Rafael sempre que chegava de viagens.

A vítima foi encontrada com sinais de enforcamento e agressão física – Foto: Mário Souza/DM

De acordo com a DEHS, Dionísio foi encontrado morto com sinais de estrangulamento e agressões físicas, principalmente na cabeça, na manhã do dia 22 de março deste ano. O marítimo estava jogado ao lado da cama em avançado estado de decomposição. Alguns objetos e dinheiro da vítima teriam sido levados pelo suspeito.

Conforme análises das imagens do circuito interno do estabelecimento, o suspeito chega por volta das 18h32, passa pela recepção, e segue para o quarto de Dionísio. Por volta das 20h8, o homem deixa o local sem levantar qualquer atitude suspeita. Desde então, o “picolezeiro” passou a ser procurado pela autoria do latrocínio (roubo seguido de morte).

Segundo levantamentos da polícia, a vítima costumava se hospedar no hotel – Mário Souza/DM

O delegado Paulo Martins, titular da DEHS, que está investigando o caso, informou que já existem depoimentos de funcionários do hotel e outras provas que ligam o “picolezeiro” a autoria do crime.

A vítima era natural de Belém (PA) e trabalhava como marítimo – Foto: Mário Souza/DM

A autoridade policial ressalta que, até o momento, a localização do suspeito ainda é incerta. Quem tiver informações sobre o acusado, entrar em contato pelo número (92) 3636-2874, ou Disque Denúncia da Secretaria de Segurança Pública do Amazonas (SSP-AM), através do 181. A identidade do informante será mantida em sigilo.

Leia mais

Comentários