×

Publicidade

Polícia

Mulher é morta a tiros e marido fica ferido na Zona Leste de Manaus

Segundo informações da polícia, a propriedade foi invadida por um homem, identificado apenas como “Loirinho”

Carina foi morta a tiros na propriedade (Foto: Divulgação)

Manaus (AM) – A pedagoga Carina Pinheiro FontInelle, 41, foi assassinada a tiros na noite desta terça-feira (23), no ramal do UDV, quilômetro 4, vicinal do ramal do Brasileirinho, no bairro Jorge Teixeira, na Zona Leste de Manaus. Gelcimar Gama de Oliveira, 44, aposentado do Exército Brasileiro (EB), ficou baleado.

Publicidade

Segundo informações da 30ª Companhia Interativa Comunitária (Cicom), um homem, conhecido como “Loirinho”, invadiu a propriedade e efetuou disparos de arma de fogo contra o casal, que correu para terrenos vizinhos na tentativa de escapar. Ao tentar pular o muro, Karina foi alvejada e morreu no local.

A vítima ainda tentou correr do atirador (Foto: Divulgação)

Já Gelcimar conseguiu pegar um terçado e pediu ajuda de um vizinho após ser atingido com dois tiros, sendo nas nádegas e no abdômen. Ele foi socorrido por uma equipe do Serviço de Atendimento Móvel de Urgência (Samu), onde deu entrada no Hospital e Pronto-Socorro (HPS) Dr. Platão Araújo, na Zona Leste da capital.

O crime

Conforme os moradores, o atentado pode ter sido motivado por conta de uma ação na Justiça no valor de R$ 60 mil. “Loirinho” havia trabalhado na propriedade como caseiro e pedia uma indenização por danos morais. Gelcimar, que era conhecido como “Carequinha”, tentou negociar, mas “Loirinho” não aceitou.

Pela manhã, “Loirinho” foi até a propriedade e fez ameaças. Gelcimar, então, prestou queixa na delegacia sobre o caso. A Delegacia Especializada em Homicídios e Sequestros (DEHS) vai investigar os crimes. O corpo da mulher foi removido para o Instituto Médico Legal (IML).

Comentários

error: Content is protected !!