×

Plus

Miss Brasil Mayra Dias disputa Miss Universo na Tailândia

Mayra Dias, após ser coroada como a Miss Brasil (Foto: AGNews, Daniel Pinheiro/PurePeople)

 

Após ser eleita a mulher mais bonita do Brasil, a amazonense Mayra Dias, de 27 anos, tenta ganhar dessa vez o concurso do Miss Universo 2018. A vencedora da competição será conhecida na noite deste domingo (16) pelo horário de Brasília, em Bangkok, capital da Tailândia.

Mayra Dias, candidata que representa o Brasil no Miss Universo 2018 (Foto: Lillian Suwanrumpha/AFP)

 

Pela primeira vez na história do concurso, a comissão julgadora contará apenas com mulheres. Neste ano, a 67ª edição contará com um número recorde de candidatas ao título da coroa de Miss Universo. Ao todo, 93 candidatas disputarão o título de mulher mais bela do mundo.

As meninas chegaram a Bangkok, no dia 28 de novembro e permaneceram confinadas durante todo esse período encarando uma agenda repleta de ensaios fotográficos, gravações, desfiles e passeios pelos pontos turísticos do país asiático.

A representante do Brasil, Mayra Dias, é natural de Itacoatiara (a 176 quilômetros de Manaus). Para representar o Brasil nesta competição, a beldade formada em Jornalismo conquistou o júri artístico e desbancou suas 26 concorrentes em uma disputa acirrada na noite do dia 26 de maio deste ano. A conquista do posto de mais bela quebrou um jejum de 61 anos para o Estado.

Com a conquista da coroa avaliada em R$ 40 mil, Mayra Dias levou para casa um carro Zero Km, uma viagem de sete dias da MSC Cruzeiros para Salvador (BA), joias da grife Vivara, um contrato de R$ 100 mil com a Polishop, e a oportunidade de representar o país no maior concurso de beleza. Ela é a segunda amazonense a chegar ao Miss Universo.

Após ser coroada Miss Brasil, Mayra Dias declarou: “Eu estou muito feliz e realizada por tudo o que aconteceu para eu estar aqui agora. Todas as meninas são maravilhosas, mas procurei dar o meu melhor para que eu conseguisse esta coroa e a faixa de Miss Brasil”, comentou.

Preparação

No desfile de trajes típicos, Mayra Dias usou a fantasia indígena, avaliada em R$ 27 mil (Foto: Reprodução/Facebook)

 

A amazonense estreou com o pé direito na disputa pelo Miss Universo 2018. Ela participou na última quinta-feira (13), do desfile de biquíni (traje de banho) e de gala na preliminar que vai escolher cinco candidatas de cada continente.

No desfile de trajes típicos, na última segunda-feira (10), Mayra Dias usou a fantasia indígena assinada por Helerson da Maia, figurinista das principais peças do Festival Folclórico de Parintins. O traje avaliado em R$ 27 mil se transforma em beija-flor com bater de assas acionado por um controle remoto, em apologia a uma índia que se transforma na ave.

Há 50 anos uma brasileira não vence o maior concurso de beleza do mundo. A segunda e última brasileira a conquistar a coroa mundial foi a baiana Martha Vasconcelos, em 1968. Atualmente com 69 anos, ela é ativista feminina e reconhecida por seu trabalho na luta em defesa das mulheres vítimas de violência doméstica.

A disputa do posto de mulher mais bela começa a partir das 22 e será transmitido pela Band.

Veja as fotos de algumas das mais de 90 candidatas:

Angela Ponce, da Espanha (Foto: Lilian Suwanrumpha/AFP)

 

Anishka Tonge, representante das Ilhas Virgens (Foto: Lilian Suwanrumpha/AFP)

 

Catriona Gray, das Filipinas (Foto: Lilian Suwanrumpha/AFP)

 

Emma Strandberg, da Suécia (Foto: Lilian Suwanrumpha/AFP)

 

H’Hen Nie, do Vietnã (Foto: Lilian Suwanrumpha/AFP)

 

Karyna Zhosan, da Ucrânia (Foto: Lilian Suwanrumpha/AFP)

 

Jastina Doreen Riederer, da Suíça (Foto: Lilian Suwanrumpha/AFP)

 

Kiara Ortega, de Porto Rico (Foto: Lilian Suwanrumpha/AFP)

 

Melba Shakabozha, da Zâmbia (Foto: Lilian Suwanrumpha/AFP)

 

Ornella Gunesekere, do Sri Lanka (Foto: Lilian Suwanrumpha/AFP)

 

Rahima Dirkse, da Holanda (Foto: Lilian Suwanrumpha/AFP)

 

Sarah Rose Summers, dos Estados Unidos (Foto: Lilian Suwanrumpha/AFP)

 

Sofia Abigail Marrero Moreira, do Uruguai (Foto: Lilian Suwanrumpha/AFP)

 

Sophida Kanchanarin, da Tailândia (Foto: Lilian Suwanrumpha/AFP)

 

Sthefany Gutierrez, da Venezuela (Foto: Lilian Suwanrumpha/AFP)

 

Tara De Vries, da Turquia (Foto: Lilian Suwanrumpha/AFP)

 

Tamaryn Green, da África do Sul (Foto: Lilian Suwanrumpha/AFP)

 

Yulia Polyachikhina, da Rússia (Foto: Lilian Suwanrumpha/AFP)

 

Yuumi Kato, do Japão (Foto: Lilian Suwanrumpha/AFP)

Publicidade

Comentários